Pelos animais, o planeta e a humanidade.
O problema do excesso de consumo de água em Portugal
A Associação Natureza Portugal (ANP) em parceria com a World Wide Fund for Nature (WWF) lançaram um relatório intitulado “Vulnerabilidade de Portugal à Seca e Escassez” chamando à atenção para as crescentes situações estruturais de escassez de água.

O problema do excesso de consumo de água em Portugal

A Associação Natureza Portugal (ANP) em parceria com a World Wide Fund for Nature (WWF) lançaram um relatório chamando à atenção para as crescentes situações estruturais de escassez de água.

No dia em que se comemorou o Dia Nacional da Água, a 1 de outubro, a organização ambientalista ANP/WWF alertou no relatório intitulado “Vulnerabilidade de Portugal à Seca e Escassez” para o facto de Portugal continuar a consumir mais água do que devia, pondo em risco a adaptação às alterações climáticas. No relatório é frisado pela organização que os ecossistemas aquáticos saudáveis são os melhores aliados para combater as temperaturas elevados e a falta de chuva, logo preservá-los deve ser uma prioridade.

A ANP/WWF apresenta no documento várias propostas, como os empresários integrarem a gestão da água na cadeia de valor da empresa e diversificarem os abastecimentos. Aos decisores políticos propõe que diversifiquem as origens de abastecimento, fomentem a eficiência dos regadios, e condicionem a atribuição de subsídios agrícolas ao bom uso da água. Aos cidadãos sugere que reduzam os consumos em permanência e que optem por consumir produtos de reduzida pegada hídrica. 
 
Close Menu